segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Algo para não esquecer em 2013

Bem, o Natal já passou, o ano novo também, as férias acabaram, amanhã quando acordar volto à rotina normal, antes de dormir e mergulhar em 2013, vou tomar nota de algo que convém mesmo não esquecer neste ano.

O estado que nos enche as orelhas com crise, austeridade, com os serviços que não são sustentáveis e tudo mais, vai injectar milhões e milhões num banco, outra recapitalização, apesar de não haver dinheiro, de ser preciso subir impostos, de a troika nos apertar, de haver défices para cumprir. Afinal quando é para um banco, de repente *puff*, há dinheiro, é o milagre da multiplicação dos euros!

Por isso, nota mental para 2013, toda a conversa de austeridade e de como temos de viver dentro das nossas possibilidades é uma história da carochinha descarada, há dinheiro, montes dele, não vai é para as pessoas que não têm as costas quentes.

E isto tudo é feito sem medo da troika, que supostamente é austera e exige as contas certas, e já agora a Merkel e outras cabeças pensantes da Europa, eles certamente sabem que isto acontece, que estes rios de dinheiro correm para os bancos, e mesmo assim daqui a uns tempos vão tentar vender outra vez a história de que não dinheiro porque os Gregos e outros Europeus do sul que são preguiçosos e não pagam impostos. Estão todos metidos nisto, a podridão vai daqui até à Alemanha.

Por isso, nota para 2013, todos estes "líderes" estão a gozar com a nossa cara de cada vez que abrem a boca, não engolir um boi do que eles dizem.

2 comentários:

  1. um bom 2013 para ti e que se lixe a troika:)

    ResponderEliminar
  2. Bom 2013 e que a troika seja lixada com lixa industrial. :)

    ResponderEliminar