segunda-feira, 3 de junho de 2013

Este Blog regressa à sua programação habitual

Se leram o post anterior devem ter o autor num momento em baixo, para enterrar esse contratempo e me ajudar a perceber também o que aconteceu (foi daqueles momentos de montanha russa de que conseguimos entender claramente metade das coisas dois dias calmos depois).

Bem, o que aconteceu foi mais ou menos isto...


  • Entrei na Sexta com o pé esquerdo, com uma tosse danada a piorar o dia todo.
  • Em vez de livrar cedo do trabalho para jantar rápido e me esconder num sítio quente com bom chá e tostas para acompanhar, acabei metido numa alhada de um projecto da treta, a tossir os meus pulmões, adeus jantar, olá dores de cabeça.
  • De alguma maneira perdi uma amizade online que tinha começado fantasticamente com o pé direito, não me perguntem o que aconteceu, simplesmente foi-se embora e não, não tenho maneira de a contactar.
  • Pelo menos consegui o meu chá e empurrar os meus problemas para o lado durante um par de horas depois deste triplo choque de garganta\ trabalho (com direito a pequeno discurso sobre como todas as empresas estão mal e nunca vão melhorar, lindo para a moral) \ desaparecimento.
  • Sábado descubro que perdi a tosse mas a voz também, fim de semana a sussurrar.
  • Deitar os receios parvos e os medos que aparecem depois de um dia daqueles para cima do teclado é uma boa maneira de os matar, mas desta vez vai dar algo mais...
  • Domingo, depois de um fim de semana de sol e de melhoras, espreito o blog e macacos me mordam!
  • Pelos vistos tenho uma leitora misteriosa, misteriosa porque com o comentário apagado e sem informações úteis não faço ideia de quem possa ser. Se leres isto, não te assustes e volta, entraste mesmo numa das partes mais chatas.
  • Uma pessoa que não via há tempos salta das sombras e dá apoio moral, não só tenho leitores secretos como tenho ajuda de amigos perdidos! Assim vindos do nada.


E pronto, ufa, que aventura, tudo empilhado numa Sexta e num Domingo à noite?

E deixa dois mistérios atrás dela...

O que aconteceu à amizade perdida? Algo que fiz nas últimas conversas? Algo que lhe aconteceu e eu não tive nada a ver ? Sem hipótese de comunicar não vou ter maneira de saber, começar as coisas tão bem e de repente descobrir que se foi embora é frustrante.

Quem foi a leitora misteriosa? Será que a assustei com este momento de desastre? Raio de primeira impressão que eu deixei...

Bem, não há grande coisa a fazer com estas questões, por isso este Blog deixa as aventuras e volta à programação habitual.

O bom é que devo ter esgotado as visitas do Murphy para os próximos 5 anos com isto...

2 comentários:

  1. Sim, mas eu preferia aventuras menos movimentadas e mais felizes. :P

    Beijos

    ResponderEliminar